Doutor E-commerce

Início » Como estimular uma meta para o e-commerce

Como estimular uma meta para o e-commerce

Neste artigo vamos falar sobre como estimular de forma correta uma meta para o e-commerce.

 

Se você quer escalar o seu negócio, primeiro você precisa saber onde quer chegar.

Criar metas é fundamental para a organização de um negócio, isso porque elas te motivam a progredir e a ir cada vez mais longe.

 

Porém, esse é um erro muito comum entre os lojistas, se você ainda não sabe muito bem como estipular as metas de vendas no seu e-commerce, trouxe algumas dicas que podem te ajudar. 

 

Como estipular uma meta para o e-commerce?

Antes de você sair por aí aplicando metas em tudo, vamos ver alguns pontos importantes.

 

É preciso conhecer o seu negócio

Para você pode parecer muito óbvio e simples, entretanto, a verdade é que muitos empresários não têm o conhecimento profundo sobre o próprio negócio.

 

Além de conhecer o seu próprio negócio, é fundamental que você saiba também identificar quem é o  seu cliente ideal. Procure sempre estudar melhor quem são as pessoas que compram seus produtos. 

Identifique suas fraquezas

meta para o e-commerce

Entender sobre o que dá resultado é importante, mas, saber quais são suas fraquezas, também é.

 

Identificar os pontos que podem estar puxando o seu negócio para baixo é importante para evoluir, você precisará mudar aquilo que está impedindo o seu crescimento. 

 

Por exemplo, você percebe que as taxas das vendas em marketplaces estão subtraindo boa parte do seu faturamento, coloque como meta a migração dessas vendas para o seu próprio site.

Dessa forma conquistará clientes diretos e mais engajados com sua marca.

 

Pense a longo prazo

Procure pensar além e definir também os seus objetivos para os próximos anos.

Metas de curto e médio prazo são importantes, mas o foco não deve ser apenas nelas. 

 

Se você tem dados de anos anteriores, recorra a eles para entender o seu processo no passado e repensar o futuro do seu e-commerce.

O mapeamento de indicadores chave (chamados KPIs) também é fundamental para mostrar com clareza o quanto você pode crescer.

 

Fique de olho em seus concorrentes

Uma das ferramentas para se usar é o benchmarking para comparar o que você tem feito de positivo e, principalmente, o que você pode melhorar.

 

Observar empresas do mesmo segmento que o seu é uma oportunidade para aprender a ter boas referências para evoluir. Descubra cada detalhe do e-commerce, os custos de frete, o tipo de anúncio, a estratégia do funil de vendas. 

 

Todos os dados que você conseguir colher poderão te fazer entender a diferença da sua empresa dos seus concorrentes.

 

Analise o seu potencial 

Ao definir metas de vendas no e-commerce, é importante se atentar à capacidade produtiva atual da sua equipe e o quanto ela irá suportar.

Erro muito comum entre os empresários é querer vender muito, porém, não ter estrutura alguma para ter esse crescimento em vendas, o que acaba atrasando os prazos dos seus clientes.

 

 

O estoque também deve ser avaliado.

Verifique se possui produtos suficientes e qual o potencial dos fornecedores (caso venha a crescer no números de pedidos).

 

Cuidado com as métricas de vaidade

Dados são muito importantes para avaliar seu crescimento e determinar o futuro do seu negócio, porém, cuidado para não cair nas métricas de vaidade. 

O número de curtidas na página da loja virtual ou número de visitantes do site, por exemplo, não são tão significativos para o seu crescimento.

 

As métricas essenciais e que devem ser consideradas são:

ROI: Retorno sobre o investimento que você fez em uma ação para divulgar seu e-commerce.

CPA: O custo por aquisição é o valor gasto para conquistar uma venda.

Ticket médio: Uma média do valor da compra por cliente.

Taxa de abandono de carrinho: É a porcentagem de consumidores que colocam algum produto no carrinho do seu e-commerce, mas não finalizam a compra (abandonam o carrinho).

Observar a taxa de conversão: Essa taxa é o resultado da divisão entre visitantes e número de vendas.

Taxa de rejeição: Aqui é possível verificar quantos visitantes abandonam sua página sem interagir com ela.

Recompra: Essa reflete o nível de satisfação dos clientes com a sua marca.

 

Conclusão

Antes de tudo, é preciso começar, não será do dia para noite que você vai delimitar claramente todas as metas em seu e-commerce, mas, dar um play, já é um grande passo.

 

Além disso, estipular metas corretamente não é suficiente, pelo contrário, você deve acompanhar o avanço e os resultados.

Lembre-se de que nada é definitivo, vai ser necessário recalcular a rota em certos momentos e não há nenhum problema nisso. 

 

Estimule metas semanais, isso ajuda a trazer mais clareza e consequentemente alinhar as metas necessárias do seu e-commerce. É sempre importante ter um acompanhamento de perto. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *