Doutor E-commerce

Início » Atenção, pequenos (e novos) lojistas: escolham seu produto!

Atenção, pequenos (e novos) lojistas: escolham seu produto!

Quem está abrindo seu próprio negócio sabe que os primeiros meses (ou anos, dependendo do segmento) são repletos de obstáculos e dificuldades. Essa fase inicial, porém, é também extremamente importante para determinar o sucesso da empresa no futuro.

É por este motivo que o novo empreendedor deve ter cautela em suas primeiras ações, executando tudo com planejamento e segurança. É preciso se dedicar na administração muito antes de colocar o negócio em ação, além de reservar um investimento para manter as atividades até que elas comecem a gerar lucro.

Em uma loja virtual, a escolha dos produtos a serem vendidos é extremamente importante neste momento, já que isso determinará como serão suas vendas no início. Para se decidir a respeito do produto ideal, é necessário realizar um estudo de mercado – e não adianta pensar em vender o que as grandes lojas já vendem, pois elas detêm os menores preços.

O pequeno lojista precisa se destacar da concorrência, atraindo consumidores pelo diferencial de seus produtos, pensados exatamente para o nicho de mercado que se pretende atender. Para quem está iniciando, é essencial escolher um bom produto para ser o carro-chefe, “a cara” da marca. Em vez de insistir em vender muitos produtos, parecendo um grande e-commerce, o pequeno empresário deve buscar o – sim, apenas um (ou poucos) – produto ideal para construir o sucesso de sua empresa.

Quer mais alguns motivos para te convencer a respeito disso? Não tem problema, nós mostramos a você:

1.    Esforço do empresário

O empresário que está iniciando no e-commerce, geralmente, acumula todas as tarefas para si – já que ainda existe a ilusão de que administrar uma loja virtual é muito simples, principalmente quando se compara com um empreendimento físico. Entre suas tarefas rotineiras, estão o contato com fornecedores, o atendimento de clientes, o cadastro de produtos, os procedimentos logísticos, as ações de marketing e divulgação e muito mais.

Não é preciso ser um especialista em e-commerce para perceber que são muitas funções para uma pessoa só. Se as energias foram reservadas para apenas um produto – em questões de cadastro, divulgação e marketing digital, por exemplo -, tudo poderá ser feito de forma mais produtiva e eficiente, com mais dedicação, não é mesmo?!

2.    Orçamento limitado

Quem é micro ou pequeno empreendedor conta, geralmente, com um orçamento limitado, em que toda a receita já está destinada a fins específicos. Aqui está, por sua vez, outra vantagem de se focar em um produto único: quando se negocia com o fornecedor, torna-se mais fácil conseguir melhores preços, já que o lojista comprará em maior quantidade.

3.    Questões de logística

Quando se fala em armazenamento e organização, trabalhar com apenas um produto também torna o dia a dia mais fácil. É preciso controlar prazos de validade, questões de embalagem e envio, custos de frete e outras particularidades que, se puderem ser simplificadas neste primeiro momento, melhor para o empreendedor não se perder – e não falhar na hora de entregar mercadorias ao consumidor.

Os pequenos lojistas não devem ter medo de começar pequenos, pois é assim, construindo uma base sólida, com trabalho e dedicação, que se pode chegar mais longe. Nosso conselho é: aceite as condições do presente, tenha paciência e cumpra um passo de cada vez. O sucesso estará lá, esperando por você no futuro!

Se precisar de auxílio nesta fase, pode contar com o nosso apoio, veja mais em Acompanhamento Dr. e-commerce.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *