Doutor E-commerce

Início » Investimento em nichos de mercado no e-commerce pode ser uma saída em meio à crise; saiba mais

Investimento em nichos de mercado no e-commerce pode ser uma saída em meio à crise; saiba mais

nichos de mercado no e-commerce

Quem acompanha o nosso blog já deve ter visto diversos posts sobre o crescimento do e-commerce em meio à crise. Para relembrá-los um pouco sobre os números, foi observado no setor um crescimento de 22% do valor transacionado em 2015, além de uma projeção de 18% de crescimento para esse ano, segundo a ABComm. Sem deixar de acompanhar essa evolução, o número de lojas aumentou mais de 20%, o que representa 90 mil novas lojas, em média, entre fevereiro de 2015 e fevereiro de 2016. Diante desse cenário, você vai entender o porquê que o investimento em nichos de mercado no e-commerce pode ser uma boa alternativa durante a crise.

Primeiramente, a participação das PMEs no setor também cresce e, no momento, já representa 22% do total dos valores transacionados, e mais 90% do total de lojas online no Brasil. Desse modo, as PMEs correspondem à maior parte dos novos e-commerces lançados entre 2015 e 2016.

Parte desse crescimento pode ser atribuído ao momento de retração econômica e da desaceleração do varejo tradicional, o que faz com que diversos negócios tenham que encontrar novos canais de venda, além de impulsionar pessoas que foram demitidas de seus empregos e estão buscando novas formas de ganhar dinheiro. Desse modo, o e-commerce representa uma opção atrativa pelo seu poder de abrangência. Além disso, já existem mais facilidades para abrir uma loja virtual, como o nosso plano Start, por exemplo, que é voltado para a abertura de e-commerces para PMEs (conheça o plano Start aqui).

Os números também mostram uma tendência para nichos de mercado específicos, já que o número de lojas virtuais que vendem menos de 100 produtos distintos aumentou cerca de 15%. Essa alternativa de investimento pode ser interessante porque permite uma maior especialização da loja e, consequentemente, a criação de um público fiel e a redução dos custos associados para manter uma grande variedade de produtos em estoque.

Desse modo, o conceito de que existe um amplo universo de pessoas com preferências bem específicas e que essas demandas podem ser encontradas e atendidas pelos negócios online se confirma cada vez mais e, além disso, mostra uma boa oportunidade para esse tipo de varejo. Vale a pena apostar!

Caso queira ver dicas sobre como aperfeiçoar sua ideia para empreender no e-commerce e encontrar um nicho para investir, clique aqui.

Por Redação Dr. e-commerce

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *