Doutor E-commerce

Início » Recompra: o ponto-chave para a rentabilidade

Recompra: o ponto-chave para a rentabilidade

O mercado do e-commerce, apesar de promissor, apresenta uma série de obstáculos para os empresários, que sabem que precisam investir em diversas estratégias para garantir sua sobrevivência entre os concorrentes, oferecendo atendimento de qualidade e serviços que atraiam consumidores e conquistem sua preferência.

Um dos desafios mais comuns de um lojista virtual está em aumentar suas vendas sem comprometer o orçamento da empresa com muitos investimentos em campanhas de publicidade, por exemplo. Ou seja, é preciso crescer e atingir mais pessoas de forma “sustentável”. Muitas lojas enfrentam dificuldades para manter seu faturamento crescente e não são poucos os casos de empresários que desistem de investir na operação.

Para que seu e-commerce não vá para o mesmo caminho, existem algumas medidas que podem ser tomadas por você, empresário. Caso você já esteja imaginando mais divulgação, promoções e outras estratégias para aumento de lucros, saiba que, em alguns casos, é melhor pensar em outra saída, para que as atitudes de hoje não causem prejuízos na situação de seu negócio amanhã.

Atrair novos clientes é algo que apresenta custos crescentes a cada dia, portanto, na maioria dos casos, vale mais a pena investir em estratégias que aumentem o engajamento dos usuários para garantir a rentabilidade do negócio – o que pode possibilitar maiores taxas de recompra; afinal, manter um cliente que já foi conquistado por sua loja anteriormente é muito mais barato do que seduzir novos consumidores todos os dias.

No caso específico de uma loja virtual, existe uma diferença significativa em relação ao estabelecimento físico: é preciso ir atrás do cliente. Antes de conquistar consumidores, um e-commerce precisa expor seus produtos, investir em meios de divulgação e estratégias de publicidade. Porém, apesar de tudo isso, não existem garantias de que o usuário, de fato, comprará.

A estratégia de recompra é um fator muito simples de atração de clientes e muitas vezes não recebe a atenção necessária por parte dos empresários, que não a enxergam como a ferramenta potencial que é.

As lojas virtuais que investem em divulgação e também em ações de recompra para aumentar sua base de consumidores enfrentam menos custos, o que contribui para o faturamento do negócio. Além de divulgar, é importante focar em medidas para manter clientes e fortalecer a base da empresa. Dessa forma, sua proporção de recompra será cada vez maior – e seu faturamento também!

Para entender melhor o processo de recompra, é possível dividi-lo em duas partes: a taxa de conversão e a quantidade. A taxa de conversão de recompra mede o grau de eficiência das campanhas de marketing da loja através de uma porcentagem, enquanto a quantidade de recompra é capaz de mensurar quantas compras, em média, um cliente realiza em determinada loja.

Quem deseja investir na recompra precisa ter em mente que é necessário aumentar os dois indicadores – porém como fazer isso?

  1. Obtenha informações relevantes a respeito do comportamento de seus consumidores, como idade, sexo, estado, últimos itens comprados, valor médio da compra e origem da visita. Para obter mais detalhes a respeito dos clientes é interessante contar com ferramentas como buscados, e-mail marketing e comparadores de preço. A partir desses dados, é possível formular campanhas de marketing de recompra mais assertivas, o que aumentará a conversão de sua loja;
  2. O e-mail marketing continua sendo o canal de comunicação com clientes mais rentável para as empresas. Siga as práticas do mercado e invista na qualidade de seus e-mails para atrair mais consumidores até seu site;
  3. Busque novos produtos para agregar a sua loja e favorecer o processo de recompra. Oferecer serviços adicionais, como garantia estendida, instalação de produtos, manutenção e reparação são outras formas de aumentar a taxa de compra;
  4. Ofereça mais do que um canal de comunicação com seus consumidores, já que cada consumidor prefere receber informações através de um meio diferente, como e-mail, redes sociais ou mensagens de celular. Em vez de escolher o canal mais fácil para sua empresa, pense em seu cliente: através de que meio ele preferiria receber essa mensagem?
  5. Invista em tecnologia e automatize suas campanhas de recompra. Mesmo que o orçamento esteja apertado, é possível controla-las através de uma planilha no Excel, por exemplo. Vale a pena!
  6. Algumas ferramentas, como o Google Analytics, não podem faltar em todo o processo. É muito importante mensurar suas campanhas de recompra para descobrir mais informações a respeito do comportamento do consumidor em seu site. Indispensável para ajustar as estratégias e aumentar a conversão!
  7. Invista em páginas específicas para suas campanhas, diferenciando os layouts e dando mais destaque aos produtos ofertados como recompra. Fotos, vídeos e informações adicionais as tornarão mais atrativas para os consumidores;
  8. Simplifique o processo de check out; afinal, em uma estratégia de recompra só se quer que o consumidor compre aquele produto que você está ofertando, portanto não existe a necessidade de ter “áreas de fuga”, como banners e propagandas de produtos similares

 

O crescente custo de aquisição de novos visitantes faz com que toda empresa precise avaliar suas estratégias para não comprometer seu orçamento. O método da compra pode auxiliar nesse processo, mantendo a vida financeira de sua empresa em patamares estáveis. Teste a estratégia e faça os ajustes necessários até que ela alcance bons resultados. Bom trabalho!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *