Doutor E-commerce

Início » Como aplicar Brand Publishing nas estratégias de e-commerce

Como aplicar Brand Publishing nas estratégias de e-commerce

Como aplicar Brand Publishing nas estratégias de e-commerce?

 

Com o aumento da concorrência das lojas online nos últimos anos, muitos e-commerces precisam pensar em novas estratégias para se destacarem no mercado.

 

Apesar de estarmos longe de atingirmos um patamar em que o mercado está saturado, afinal, a representatividade do varejo online é apenas de 20% em comparação ao físico, como a competição torna-se não apenas em nível nacional, é preciso muito planejamento e boas estratégias para sair na frente.

 

O marketing digital é uma das estratégias mais importantes quando falamos em vendas online, afinal, é através do investimento e ações de marketing que sua loja vai alcançar consumidores e fazer vendas.

 

Neste artigo vamos falar sobre o Brand Publishing, uma tendência na produção de conteúdo de empresas B3B e B2C que fazem toda a diferença na comunicação de uma marca.

 

O que é Brand Publishing?

Brand Publishing nas estratégias de e-commerce

 

De acordo com o site Brand Publishing, esta é a estratégia de comunicação que torna as marcas donas de seus próprios anais de mídia. Ou seja, a marca deixa de depender de veículos tradicionais e passa a falar diretamente com seu público.

 

O digital abriu portas para a expansão e popularização do brand publishing através das plataformas de redes sociais, sites e blogs. O varejo online não depende mais de veículos tradicionais como televisão, jornais, revistas e outdoors. Nem mesmo de formatos pré-estabelecidos.

O facebook, youtube, instagram e demais redes sociais servem para as empresas criarem seus próprios conteúdos, comunicarem-se com seus clientes e trazerem experiências muito mais personalizadas, garantindo reforço e presença de marca.

 

O fato é que, o brand publishing está deixando de ser um diferencial e passa a ser uma necessidade para qualquer empresa, para garantir conectividade e também oferecer segurança ao consumidor.

Quantos jovens não encontraram a sua marca através de redes sociais?

Ou então vão conferir comentários e reclamações através desta?

 

 

Como aplicar o Brand Publishing no E-commerce?

Fazer o uso da estratégia do Brand Publishing está deixando de se tornar um diferencial entre as empresas de e-commerce.

Muito pelo contrário, fazer o uso mínimo destas estratégias é fundamental para garantir um bom fluxo para sua loja online e também para comunicação e segurança com seu público.

 

A comunicação deixa de ser um processo separado e passa a integrar uma tríade que compõe base do seu projeto.

Construindo uma pirâmide onde as bases são a mídia paga e a mídia ganha, ou seja, o posicionamento, reforço de marca e credibilidade, é quando se constrói uma base sólida para o brand publishing, investindo em autoridade, autonomia e geração de dados confiáveis.

 

  1. Invista em muito conteúdo

Não apenas o conteúdo feijão com arroz de redes sociais ou blogs, mas conteúdo de qualidade e de interesse do seu público.

 

Para os e-commerces B2C, não basta apenas divulgação de lindos produtos, mas sim de marca.

Para quem são seus produtos? Como seus clientes podem usá-los? E como podem criar tendências com eles?

 

Os e-commerces B2B podem apostar em autoridade, qualidade e inteligência de dados para fornecer para outros negócios, tornando-se grandes produtos e com dados de confiança e qualidade.

 

  1. Rentabilize seu conteúdo

O marketing de conteúdo e brand publishing são coisas diferentes. O brand publishing é uma técnica que visa não apenas rentabilizar / vender o produto ou solução, mas estratégias que vendem seu conteúdo.

 

Ou seja, a criação de conteúdo torna-se quase um negócio a parte que será rentabilizado.

Muitas marcas podem investir em influenciadores para que agreguem valor ao seu conteúdo e ofereçam credibilidade e estabeleçam-se como autoridades no assunto.

 

A RedBull é um famoso case de brand publishing que temos atualmente. Não necessariamente vemos o produto em si todos os momentos, mas sim associações de conteúdo como por exemplo, esportes radicais.

O investimento, patrocínio e todo projeto envolvendo não se centra em torno do produto, mas quase do estilo de vida a ser oferecido para quem consume a marca, e não produto.

 

  1. É mais do que uma campanha

Assim como o investimento em tráfego orgânico não é algo que acontece da noite para o dia, mas trata-se de um trabalho de qualidade constante, a mesma coisa ocorre quando as empresas querem virar a chave para o brand publishing.

 

Não estamos dizendo que nunca mais o tráfego pago será necessário, pois este é um grande incentivador para a sua marca e campanhas.

Mas sim, entender que esta estratégia é algo constante e que quando feito com qualidade gera maior lembrança e pode trazer lucros não necessariamente relacionados ao produto.

 

Seu e-commerce, ou solução precisa investir em si mesmo como uma autoridade naquele assunto. Imagine contratar uma ferramenta que não tem certeza do que oferece?

O impacto em longo tempo que os consumidores recebem ao buscar por conteúdos são mais eficazes do que propagandas momentâneas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *